domingo, julho 09, 2017

Noruega: de Bergan a Oslo de Trem






Difícil encontrar cenários com tanta concentração de beleza como os que nos oferece a Noruega. São fiordes, rios, florestas, lagos, cascatas, montanhas com neve, montanhas que nos enviam cascatas brancas entre pedras escuras.







Passamos por Myrdal - 866 metros de altura. Como em qualquer outro pequeno espaço plano, casinhas parecem ter sido postadas ali somente para encantar quem as vê, ainda que à velocidade do trem.






Casinhas de madeira, pintadas em cores fortes - vermelho, amarelo, preto, verde, laranja - contrastam com o verde vivo das árvores ou com os tons, que vão do preto ao cinza-claro das rochas.







Algumas casas têm , na sua cobertura, uma camada de vegetação, que lembra um gramado no alto - passei a chamá - las de casas despenteadas.









Observo que os campos  estão cobertos por uma vegetação em que se destacam pequenas flores delicadamente coloridas - jardim em campo aberto.








E árvores de diferentes portes, de frondosas a muito jovens. E água em abundância. E por um acaso, sol neste dia. As previsões, que se têm mostrado precisas, indicam chuva para as próximas horas.









Aprendi, no  entanto, que há beleza de sobra no território norueguês para todas as condições meteorológicas. De Bergen a Oslo, o trem gastou aproximadamente 7 horas de viagem.Saímos às 07h57min e chegamos 14h45min . Houve  muito tempo para e com o que se encantar.





As fotos são decepcionantes na tradução das belezas locais. Minha câmera é bastante simples, com muito poucos recursos. Além disso, são fotos feitas de dentro do trem - onde os vidros não muito limpos e a velocidade dificultam bastante. Minhas desculpas!