sábado, julho 15, 2017

Bergen: com razão, um Patrimônio...

Detalhe do panorama de Bergen visto do Monte Floyen

Quando se vem à Europa, não ir à Noruega, não ver, no mínimo,  Oslo e Bergen,  é realmente um desperdício, ainda que só de encantamento. Já escrevi sobre Oslo, a capital e maior cidade do País: escrevo agora sobre Bergen, a segunda cidade maior, com uma população ao redor de 270 mil habitantes.


Idem

Situada na Costa Oeste da Noruega ,  a cidade de Bergen  é  outro ponto de partida para visitar os fiordes. A água  em abudância confere a ela um encanto admirável.  Plantada, assim, num cenário de rara beleza, ela também está  cercada - parecendo abrigada ou protegida - por sete montanhas, sendo Ulriken a mais alta, com 643 metros de altura.


Idem

Essa localização privilegiada  pode ser comprovado, mais nitidamente, numa viagem no Floibanen, o bondinho que transporta os passageiros a uma altura de 320 metros e que oferece uma vista panorâmica de toda a cidade - das margens recortadas, das pontes e das casinhas tradicionais - dos arredores e do mar com suas múltiplas embarcações. 


Tradicionais casas de madeira no Centro histórico

Conta-se que essa cidade foi fundada em 1070, por Olav Kyrre, mas contam também que ela já existia em tempos mais antigos. Foi a capital da Noruega até 1299, quando Oslo assumiu essa condição. Pela localização estratégica de seu porto, Bergen, entre 1350-1750, fez parte da Liga Hanseática - grupo de comércio e poder, que dominou o norte da Europa durante a Idade Média.
 Bryggen, antigo bairro da Liga Hanseática e do Porto de Bergen

Em 1979, passou a fazer parte da lista da UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade, especialmente por Bryggen,  sua parte antiga , com belíssimos, coloridos e bem conservados edifícios históricos, com casinhas do tempo da Liga Hanseática. Passear pelas imediações do porto e  explorar Bryggen já justifica a viagem. A cidade, no entanto,  tem muito mais a oferecer....



                    
                                                                   Mercado do Peixe

Outro lugar bem interessante de visitar, depois escolher um prato, acomodar-se numa mesa e deliciar-se com frutos do mar, é o Mercado do Peixe, localizado em frente ao porto e muito  perto das casinhas do Bryggen. Foi realmente aí que experimentei os melhores  pratos de camarão, ostras e peixes diversos. Deliciosos!


Pratos à escolha no Mercado do Peixe

O referido Mercado está sempre com produtos fresquinhos e muitos pratos-sugestões já expostos. A atração mais famosa, entretanto, são os viveiros, onde os clientes escolhem os frutos do mar que desejam comer e que logo são preparados e servidos - novinhs, novinhos!


Fontes e jardins ornamentam os espaços públicos

A cidade pode - e deve - ser percorrida a pé, atentamente, olhando para os lados, a fim de não perder nada das belezas que ela oferece a moradores e visitantes. Praças, parques, fontes e jardins estão muito presentes, além, é claro, das esculturas e da arquitetura encantadora. Há excelentes Museus, como o Museu da Cidade de Bergen e o Museu de Arte. 


Muitas e diversas esculturas no espaço urbano de Bergen

Bergen é uma cidade muito popular na Europa e bastante elegida por turistas do mundo inteiro, sendo frequentemente visitada por navios de cruzeiro. É, ainda,  um centro de cultura, comércio e estudos universitários. 


Idem

A Universidade de Bergen, que foi fundada em 1946, acolhe hoje cerca de 20 mil estudantes ( 1500 estrangeiros) em cursos de graduação e em cursos de pós-graduação - estes últimos ministrados em inglês. Mantém convênios com importantes centro mundiais de pesquisa.


Bryggen

Quando eu estava em Bergen, pude , mais uma vez, encantar-me com o anoitecer tardio. Não era o famoso sol da meia noite...mas anoitecia bastante tarde. A foto seguinte , eu a fiz às 23h34 min e , no entanto, parecia-me um final de dia simplesmente.


A partir da janela do Hotel....

Já estou de volta a Madrid - gostando muito de ter feito  a viagem Noruega 2017 . Ainda não escrevi sobre o cruzeiro pelos fiordes. Pretendo fazê-lo mais tarde. Alimento o sonho de retornar ao território norueguês e permanecer algumas semanas. Vi Myrdal - cidade localizada entre Bergen e  Oslo, a 867 metros acima do nível do mar - apenas de passagem. Gostaria de ver Flam, Voss, Notodden e Stavanger; Gostaria de ver muitos outros fiordes. 


Escultura em Oslo

Um agradecimento especial à minha família - restrita e ampliada - que me acompanha em longas viagens, transmitindo-me  notícias e ânimo para continuar e estar tranquila. Agradeço à minha amiga Isolda Branco, pessoa alegre, inteligente e sensível, que foi minha parceira neste recorrido. Agradeço aos seguidores do correndomundo pelo estímulo de sempre. Que a vida lhes reserve muitas surpresas agradáveis. Flores e Fernando Pessoa para todos.


     

" Uns com os olhos postos no passado,
Veem o que não veem: outros, fitos
Os mesmos olhos no futuro, veem
O que não pode ver-se.

Por que tão longe ir pôr o que está perto - 
A segurança nossa? Este é o dia,
Esta é a hora, este é o momento, isto
É quem somos, e é tudo...."

Fernando Pessoa